quinta-feira, 3 de julho de 2014

Escuteiro?! - “antes andasses metido na droga”

Fui escuteira durante três anos, gostei de muitas coisas mas enfureci-me com muitas mais. Conheci boas pessoas mas também conheci muito más pessoas. Digo tudo isto a propósito de um texto publicado no P3 que tem feito muito furor, e que eu vou aproveitar para contrapôr.

1. "Aproveito, desde já, para esclarecer: os escuteiros não são, no geral, melhores pessoas que as outras. Mas têm o potencial individual para o ser." - é uma pena que poucos, muito poucos, aproveitem esse potencial. 

2. "Quem tenha sido escuteiro sabe ser um melhor profissional, especialmente se tiver de trabalhar em sinergia – conhece bem o que deve ser um verdadeiro espírito de equipa." - nos escuteiros aprende-se a trabalhar em equipa? Em alguns sítios até acredito que sim, noutros deixa-se tudo para só alguns fazer. O importante é a diversão, o trabalho é só deixado para alguns (para os que têm o verdadeiro espírito, que são os verdadeiros escuteiros e que aproveitam o potencial acima referido)

3. "Sabe ouvir melhor os apelos que vêm das árvores, estando sensibilizado a todos os níveis para a importância da preservação do ambiente." - por preservação do ambiente, entendemos o corte de árvores para que os queridinhos possam fazer as suas construções?

4. "Conhece também – e não o nego - as dinâmicas homem-mulher. Sabe isto e muito mais. Tão mais." - Ainda bem que não o nega. Porque as dinâmicas de homem-mulher que os escuteiros conhecem, passam por levarem ao esgotamento das pílulas-do-dia-seguinte na região de Idanha-a-Nova durante o ACANAC (acampamento nacional). É que não o incentivo ao sexo protegido é dado, porque isto supostamente não acontece. Finge-se que não acontece.

5. "Mesmo que tenham tido, como eu tive, (ou ainda tenham) vergonha de andar com umas coisitas ridículas penduradas nas meias, a que se convencionou dar o nome de jarreteiras, não deixem de aprovar o movimento." - a vergonha não é do lenço mas sim das pessoas que representam o movimento e que decididamente não aproveitaram o potencial. 

7 comentários:

Blackbird disse...

Afinal não tem assim tantas coisas boas!

Isa Maria disse...

O q pensa dos escuteiros é um pouquinho do q eu penso. Deveriam ser pessoas melhores. A filha é escuteira e esteve no ACANAC.... n imaginava o q aqui diz!

Naomí N. disse...

"Uma vez escuteiro, escuteiro sempre!!! Fui escuteira, nos "primórdios"em Angola..... Uma das melhores experiências da minha vida....Generalizar por si só, já é mau.....o" Mal" é intrinseco á raça humana...e o acompanha onde quer que vá, seja na política, na área de saúde ou mesmo, no conforto de uma igreja....Baden Powell deixou-nos um legado valiosíssimo, cabe a cada um reflectir sobre a sua responsabilidade no mesmo....que traço se quer deixar..."Sempre alerta..."

paranoiasnfm disse...

Não tive perfil para estar nestas andanças, porque nunca achei piada a tal coisa. lol
Gosto dos trajes (de alguns), fora isso, o que poderia ser a dita "tropa", acaba por não ser, pelos pontos que acabaste de referir....... e muitos outros que dariam uma lista enorme!

Bjs

guida disse...

Há sempre lados positivos e negativos, o importante é que com tudo isso possamos ter a escolha de estar em lugares no qual sintamos bem. Isso tudo o que escreveste acontece, claramente! Em todas as paróquias, mas uns menos que outros. O que não é suposto isso acontecer! Os escuteiros têm por obrigação dar o bom exemplo.

Esse disse...

Feliz 2015!

Marcelo Correia disse...

AHAHAHAHAHAHA incentivo a natalidade!