sábado, 21 de setembro de 2013

Expiação


Expiação
Ian McEwan
Gradiva Publicações

No dia mais quente do Verão de 1935, Briony Tallis, de 13 anos, vê a irmã Cecilia despir-se e mergulhar na fonte que existe no jardim da sua casa. 
É também observada por Robbie Turner, um amigo de infância que, à semelhança de Cecilia, voltou há pouco tempo de Cambridge. Depois desse dia, a vida das três personagens terá mudado para sempre. Robbie e Cecilia terão ultrapassado uma fronteira que, à partida, nem sequer imaginavam e tornar-se-ão vítimas da imaginação da irmã mais nova. Briony terá presenciado mistérios e cometido um crime que procurará expiar ao longo de toda a sua vida. 
Expiação é, porventura, a melhor obra de Ian McEwan. Descrevendo de forma brilhante e cativante a infância, o amor e a guerra, a Inglaterra e a situação de classes, contém no seu âmago uma exploração profunda - e muito comovente - da vergonha, do perdão, da expiação e da dificuldade da absolvição. 

Classificação: 4.5 (0-5)
Já tinha visto o filme mas o livro é, de facto, muito melhor. A forma como a história é contada, vendo o ponto de vista de cada uma das personagens, é fascinante e torna-se essencial para a perceber na sua plenitude (o que falha um pouco no filme).

2 comentários:

Shiver disse...

Gostei do filme e gosto muito do Ian McEwan mas não li esse livro....

paranoiasnfm disse...

Wow!! Aos anos que vi este filme! :P
Vi no cinema...
Grande filme! :)