quarta-feira, 19 de junho de 2013

Crescer.


Este semestre não está a correr bem. Deveria ser o semestre em que as notas subiam, a média subia e tudo ficava um pouco melhor. A questão é que as elas não estão a subir, antes pelo contrário. Estão a descer. 
E é aqui que eu me vou abaixo, só penso em desemprego e em como ando a falhar desde que entrei para a universidade. Eu mudei, já não estudo como estudava, já não me empenho como me empenhava. Simplesmente estou aqui à espera de acabar, seja de que maneira for, com que média for, porque já não consigo concentrar-me como antigamente, já não tenho a motivação.
Sinto-me uma adolescente incapaz de fazer escolhas. Não sei o que quero. Não sei qual vai ser o meu próximo passo. Só sei que às vezes gostava de ser criança outra vez, para poder fazer as minhas escolhas outra vez e para me poder sentar no colo da minha mãe quando tivesse medo.

7 comentários:

paranoiasnfm disse...

Como eu te percebo..
É complicado. Acho que algumas pessoas chegam a determinada idade e descobrem que já não conseguem estudar como antigamente, por falta de motivação, por exemplo.

Pensa no seguinte: matares-te a estudar para chegares cá fora com altas médias e não ter emprego, não serve de nada.
Assim, limita-te a passar... que quando tiveres oportunidade para estagiar em algum lado, aí sim, tens que ter a Motivação para o estágio e cativares os teus possíveis-futuros-patrões.

Beijinhos

Lacorrilha disse...

Oh, essa última frase, esse sentimento partilho-o contigo.
Vai tudo correr bem, certamente. Essa angústia, essa incerteza vai ter fim.
Força!

Queli disse...

Estava assim o ano passado e tudo correu bem ;)
Não apresses as coisas; quando não souberes o que fazer, senta-te e espera. A resposta virá até ti. O coração sabe sempre o que quer. Mas, por vezes, há demasiado "barulho" à tua volta e não consegues ouvi-lo.

Audrey Deal disse...

Estás em que ano querida?

Lacorrilha disse...

Desejo-te dias muito melhores e toda a sorte do mundo. Vai correr melhor do que pensas!

Ritinha disse...

Obrigada pelas vossas palavras :)

Audrey Deal, estou no 4º ano.

Jo disse...

é bom saber que nao sou a unica a sentir me assim!